CONDENADOS NO MENSALÃO NÃO TERÃO DIRETO A CELAS ESPECIAIS

Relator esclareceu que cela separada será só para prisão temporária. Ministro fala que réus devem ficar presos em cidade onde têm família. O presidente do STF afirmou que os condenados  no julgamento, entre eles o es- ministro José Dirceu, não tendo direito a prisão especial. O ministro Joaquim Barbosa deixou claro que as celas separadas com banheiro ou detenção fora do presídio comum, como em quartéis, mas só tem direito as autoridades e quem possui curso superior , e que estejam presas provisoriamente antes de serem condenadas judicialmente.

SUPREMO TENTA ACELERAR AS PENAS PARA SE DEDICAR A MANDATOS E PRISÕES.

Depois de determinar os limites das penas dos 25 réus condenados o STF ainda precisa decidir, a partir da próxima sessão, amanhã (26) e como irá a diante em pelo menos duas questões de fundamentais do julgamento do processo do Mensalão. E outra e que vai determinar as penas dos mandatos dos três deputados federais condenados na ação penal. E vai aprovar a prisão imediata dos condenados, pedido formulado pelo Procurador Geral da República Roberto Gurgel.

 

RELATOR DO MENSALÃO AGORA É O PRESIDENTE DO STF

Joaquim Barbosa toma pose como presidente do STF com o julgamento do mensalão em pleno andamento. Será que seu temperamento forte, e às vezes até explosivo, demostrado na relatoria do mensalão, vai permanecer na condição de presidente da corte? certamente Joaquim Barbosa deverá se conter na presidência, pois é um cargo que deve manter equilíbrio e principalmente estabelecer a ordem no tribunal. Mas é difícil vê-lo nessa condição depois de assistir seus embates públicos com outros ministros, dentre eles Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Cezar Peluso e principalmente com Lewandowski, que assume agora sua vice-presidência. Só resta aguardar para ver seu comportamento. 

O MENSALÃO E O SISTEMA PENITENCIÁRIO BRASILEIRO

O Ministro da Justiça afirmou nesta terça feira que preferia a morte a ficar preso no Brasil. Causou estranheza esta afirmação do senhor ministro por dois motivos: o primeiro é porque ele próprio é o responsável pela segurança pública e o sistema penitenciário, ou seja, ele mesmo deveria aplicar as políticas públicas na área, mas os investimentos durante a sua gestão foram pífios. Em segundo lugar porque a declaração veio somente após a definição das penas de prisão pelos ministros do STF ao seus companheiros de partido, entre eles José Dirceu, Genoino, e Delubio Soares.

Porque o senhor Ministro da Justiça não providencia a melhoria dos presídios para abrigar seus companheiros?

Será que Dirceu e Genoino também preferem a morte do que ficar preso?   

SENADOR CHORA NA TRIBUNA

O Senador Eduardo Suplicy (PT-SP) chorou em vários momentos, enquanto lia na tribuna do Senado a carta escrita pela filha do ex- deputado e ex-presidente do PT, José Genoino. A carta foi escrita por Miruna Genoino depois do Supremo Tribunal Federal confirmar a condenação de Genoino por corrupção ativa no julgamento do Mensalão.

Será que o Senador ainda acha injusta a condenação de Genoino?